Princípio de Pareto ou Regra do 80 / 20

Na nossa postagem do livro Trabalhe 4 Horas por Semana explicamos um pouco de um principio muito importante em nossa vida. O princípio de Pareto! Hoje iremos nos aprofundar um pouco mais nele.

O princípio de Pareto (ou regra oitenta – vinte) afirma que 80% dos problemas decorrem de 20% das causas. Pode ser aplicado com: esforços / resultados, ações / objetivos e qualquer outra relação causa / efeito. A proporção pode mudar um pouco, mas o importante é lembrar que a minoria das ações pode trazer a maior parte dos resultados (e vice-versa).

Exemplos:

  • Estudante: 80% do conteúdo de um edital apenas 20% são cobrados em concursos
  • Vendedor: 80% de sua receita vêm de 20% dos clientes que mais compraram.
  • Investidor: 80% do lucro da bolsa são causados por 20% das ações disponíveis.
O principio de Pareto pode ser utilizado em diversas situações cotidianas para descobrir a raiz de um problema específico. Conhecendo as características do grupo dos 20% você consegue aumentar sua eficiência (produtividade, lucro, vendas ou o que tiver analisando) focando suas atitudes e recursos nesse grupo.

Exemplo:

Você conhece alguém que diz que vai estudar para concurso e lê um livro de matemática de mil páginas e, ainda assim, consegue afundar na prova. Então, esta pessoa não aplicou o Princípio de Pareto. Se, de 80% do conteúdo de um edital apenas 20% é cobrado em concursos. Você pode focar seus estudos em tópicos mais específicos para a prova. Aproveitando melhor seu tempo e aumentando a eficiência de seus estudos.

Outra aplicação é em relação à quantidade de conteúdo disponível na internet sobre investimentos. 80% do lucro são causados por 20% dos seus investimentos. Quer focar-se nos 20%? Para especializar seu estudo em investimentos recomendo nosso E-book “Caminhos do Investidor” nele você encontra um direcionamento específico para investir. Partindo do que é importante, passando pela mudança de seus hábitos negativos e concluindo com os investimentos que cabem no seu bolso. Para saber mais clique aqui.

Para aplicar o princípio corretamente análise as características dos elementos do grupo que realmente gera a conseqüência (balanço da ação que se valorizou, modelo do produto que foi vendido, forma que a questão foi cobrada no concurso), procure semelhanças nas causas ou reincidência de elementos ocorridos. Percebera como pode ser mais produtivo focando no que é principal.