fbpx

Fundo de Investimentos Imobiliários – FIIs

Como posso receber aluguel investindo apenas R$100,00?

É fácil! Basta conhecer os Fundo de Investimentos Imobiliários (FIIs)!

O que são os FIIs?

Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs) são condomínios de investidores, que unem seus recursos para aplicar em empreendimentos imobiliários, como shopping centers, hospitais, prédios comerciais e até mesmo títulos de investimento imobiliário, como a LCI (Analogamente aos Fundos de ações).

Salvo que os fundos são regulamentados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que trazem grande segurança ao investidor. Bem como as ações, o patrimônio dos FII é dividido em cotas, que representam frações ideais de seu patrimônio.

Pontos positivos dos FIIs

  • Renda mensal: O investidor pode receber uma renda todos os meses, ou semestralmente, derivada do recebimento de aluguéis dos imóveis do fundo.
  • Facilidade em comprar e vender: Investir em Fundos Imobiliários é um procedimento online, realizado através do Home Broker, assim como comprar uma ação. Além disso, comprar e vender cotas do fundo é bem mais simples do que comprar e vender imóveis.
  • Possibilidade de investir em imóveis de grande porte: Mais do que comprar um apartamento, investir em Fundos Imobiliários torna os empreendimentos de grande porte acessíveis, como shopping centers, hospitais e prédios comerciais.
  • Diversificação da carteira de investimentos: Existem diferentes tipos de FIIs, o que permite diversificar a carteira de investimentos e investir em fundos de segmentos diferentes, como comerciais, residenciais, hotéis, etc.
  • Proteção contra a inflação: Contratos imobiliários normalmente são corrigidos pela inflação, portanto, o rendimento dos Fundos Imobiliários tende a ser superior a ela.
  • Tranquilidade: Um dos maiores benefícios do FIIs é não precisar se preocupar com a administração e manutenção dos imóveis, assim como cobranças e burocracias, o que dá maior comodidade ao investidor.

Riscos dos FIIs:

  • Vacância: empreendimentos que constituem o FII não serem alugados e não apresentarem retorno por meio de pagamentos de aluguel.
  • Desvalorização desses imóveis: o que pode interferir no patrimônio líquido do FII e afetar o valor de suas cotas.
  • Risco de mercado: como as cotas são negociadas entre os investidores, seu valor fica sujeito às oscilações de mercado.

Como escolher um FIIs?

Além dos índices de inflação e juros do país, o investidor também deve avaliar o momento em que os setores se encontram, uma vez que Fundos Imobiliários normalmente investem em setores diferentes e cada setor pode estar em ciclo de alta ou baixa, de acordo com o cenário do mercado.

A grande dica que nossa página deixa é a DIVERSIFICAÇÃO! Escolha de diferentes setores como shopping, hotéis, residências, etc. Com o propósito de avaliar a qualidade de um FII, analise: cotação do fundo, o valor de mercado (quanto custaria comprar todas as cotas) e o patrimônio líquido.

Diversificação

Não coloque todos os ovos na mesma cesta!

Custos para investir

  • Taxa de administração: A taxa de administração é cobrada pela gestora do fundo, com o intuito de cobrir despesas com gestão, cumprimento de regras, transparência e segurança dos cotistas.
  • Taxa de corretagem: É cobrada pela corretora pelas movimentações de compra e venda de cotas. Ou seja, cada vez que você compra ou vende uma cota, você paga uma taxa de corretagem.
  • Taxa de custódia: Essa taxa é cobrada pela corretora de valores, mensalmente, para manter seus investimentos.
  • Taxa de performance: Em alguns FIIs essa taxa pode ser cobrada caso a rentabilidade seja superior ao valor esperado. Ou seja, se o fundo render mais do que o prometido.
  • Emolumentos: Essa é uma taxa cobrada pela B3 (antiga BM&F Bovespa), sendo um valor percentual sobre a compra e venda de ativos.
  • Tributação: Para investidores pessoa física, o Imposto de Renda incide apenas na venda de cotas, no valor de 20% sobre o lucro. Já os rendimentos periódicos são isentos.

Surpreendentemente você vai receber um aluguel do valor investido todo mês. Então, se interessou? Ficou alguma dúvida? Entre em contato conosco pelo Facebook ou Instagram!

Começando na Bolsa!

O que é B3? O que é bolsa de valores? O que são ações?

Hoje quero demonstrar a ponta de um iceberg chamado Bolsa de valores! Primeiramente entender o que é, de onde veio e como funciona.

Continue Lendo

Fundo de ações

Hoje falaremos sobre fundos de ações!

Fundo de ações: Uma alternativa para quem quer iniciar seus investimentos em renda variável de uma forma que exige menos conhecimento técnico.

Continue Lendo