Os empreendedores já nascem prontos ou uma pessoa é capaz de se tornar empreendedor?

 

empreendedores

Empreendedores

Já parou para reparar como existem pessoas que tem os chamados “dons naturais”, que parecem que já sabem fazer de tudo sem nunca ter recebido uma instrução. No empreendedorismo ocorre isto também, mas quem não nasceu com este dom pode trabalhar muito bem sim! Como? Desenvolvendo as chamadas CCEs, Características dos comportamentos empreendedores.

No total são 10 comportamentos separados em três grandes grupos. Realização, planejamento e poder. E cada comportamento é composto por três CCEs.

 Realização:

  • Busca de oportunidades e iniciativa.

CCE1: Faz as atividades antes de ser solicitado.

CCE2: Age para expandir o negócio para novas áreas, produtos ou serviços.

CCE3: Aproveita as oportunidades fora do comum.

  • Propensão de se submeter a riscos calculados

CCE1: Avalia alternativas e calcula riscos.

CCE2: Age para reduzir os riscos.

CCE3: Coloca-se em situações desafiadoras.

  • Exigência de qualidade e busca de eficiência

CCE1: Encontra maneiras de efetuar práticas melhoras, mais rápidas ou baratas.

CCE2: Age de maneira a fazer as coisas que satisfazem ou excedem padrões.

CCE3: Desenvolve ou utiliza procedimentos para assegurar que o trabalho seja terminado a tempo.

  • Persistência

CCE1: Age diante de um obstáculo.

CCE2: Age repetidamente ou muda a estratégia para enfrentar o desafio.

CCE3: Assume responsabilidades para cumprimento de metas.

  • Comprometimento

CCE1: Faz sacrifico pessoal ou despende de esforços além da média para completar uma tarefa.

CCE2: Colabora com os empregados ou coloca-se no lugar deles.

CCE3: Coloca em primeiro lugar a boa vontade a longo prazo.

 

Planejamento:

  • Busca de informações.

CCE1: Levantamento de clientes, fornecedores e concorrentes.

CCE2: Investiga como produzir.

CCE3: Consulta especialistas.

  • Estabelecimento de metas

CCE1: Se desafia.

CCE2: Visão de longo prazo, clara e específica.

CCE3: Estabelece objetivos de curto prazo, mensuráveis.

  • Monitoramento sistemático:

CCE1: Planejar e dividir tarefas de grande porte em menores estabelecendo prazos;

CCE2: Revisar periodicamente os planos

CCE3: Manter registros financeiros

 

Poder

  • Persuasão e rede de contatos:

CCE1: Estratégias predefinidas para influenciar ou persuadir;

CCE2: Indivíduos-chave

CCE3: Networking

  • Independência e Autoconfiança

CCE1: Busca autonomia.

CCE2: Mantém seu ponto de vista diante de resultados inicialmente desmotivadores.

CCE3: Expressa confiança de sua capacidade..

 

O desenvolvimento destes comportamentos irão desenvolver em você hábitos similares a grandes casos de sucesso no empreendedorismo.

Não deixe de nos acompanhar no facebook, no instagram e no Youtube!

Bons estudos e bons investimentos!